Freitag, 29. Januar 2010

O grande poder da neve

Obrigada pela foto, Kari:-)
Sempre gostei do mês de janeiro porque pra mim é como se neste mês me fosse oferecida uma nova chance pra tudo. É como se de repente eu pudesse de fato esquecer o passado, o que deu errado, as coisas emprerradas da vida e começar de novo, fazer coisas diferentes, inventar loucuras e ter uma boa justificativa pra isso, afinal de contas é ano novo, ora bolas!

No entanto, o mês de janeiro não é nada fácil aqui em Bremen. O clima é chato, meio indeciso, chove todo dia e o céu fica cinza os 31 dias do mês. As pessoas ficam mais chatas, mais mal-humoradas e reclamonas.  E é escuro. Muito escuro. O sol, quando dá o ar da graça é só lá pelas nove horas da manhã e já às cinco da tarde é  como se fosse meia-noite. Gente que tem que trabalhar das oito às dezoito dentro de um escritório passa a semana inteira sem ver a luz do dia. Daí surge a famigerada depressão de inverno, que no início eu achava que era simplesmente uma das muitas esquisitices alemães, mas que hoje em dia eu entendo completamente como sendo de fato um problema real para muitas pessoas.

Mas se tem uma coisa capaz de mudar esse cenário deprimente, essa coisa é a neve. Toda vez que eu converso com alguma pessoa que vem de um país mais frio que a Alemanha, a opinião é unânime: frio de verdade, com temperaturas abaixo de 10 graus negativos e com bastante neve, é bem mais agradável do que esse friozinho nojento com essa garoazinha insuportável e esse ventinho sinistro que tem aqui em Bremen. Nunca consegui entender essa lógica muito bem. Pra mim temperatura quanto mais alta melhor. E não falo isso brincando, não. É sério mesmo!!!  Não suporto ar condicionado e uso casaquinho em Salvador. Mas recentemente tive de concordar com meus camaradas russos.

A Alemanha está vivendo o inverno mais frio dos últimos vinte anos, é o que muitos tem dito. De fato, nos meus quase oito anos de Bremen vi bastante neve cair em, no máximo uma semana, mas depois tudo foi mais ou menos voltando ao normal com uma camadinha fina de neve um dia ou outro, mas com a temperatura jamais abaixo dos seus cinco graus negativos. Esse ano está nevando quase que sem parar desde antes do natal e já tivemos temperaturas de até dezeseis graus negativos. Tem sido até mais frio em outras regiões. Mas como dizem as pessoas que já sobreviveram a invernos mais frios, de fato a sensação é diferente e de fato muito mais agradável do que esse frio molhado de chuva.

Isso sem contar que quando a neve cai fresquinha a cidade fica mais bonita. A neve faz a cidade brilhar literalmente, transformando parques em verdadeiros cenários de conto de fadas pois coloca uma luz meio mágica no ar. Felizmente as pessoas não ficam imunes a esse encanto e de fato sorriem mais, ficam mais relaxadas e você vê gente de todas as idades voltando a ser criança e brincando por toda parte. Parece que todo mundo quer pegar um pouquinho de neve, fazer uma bola e atirar em alguém. E foi exatamente em um dia em que a neve caiu em abundância e enfeitou toda a cidade com seu brilho alvinho, que por volta de 250 (duzentas e cinquenta!!) pessoas se encontraram em um parque de Bremen e começaram uma enorme guerra de bola de neve. Mágica como é, a neve conseguiu fazer isso virar notícia e manchete dos principais jornais da cidade no dia seguinte. Estão vendo aí, o poder que a neve tem?

Keine Kommentare:

Kommentar veröffentlichen