Montag, 6. Februar 2012

Kohlfahrt

Uma das tradições daqui da Alemanha que eu mais amo é a das Kohlfahrten. Kohlfahrt nada mais é do que ir com um grupo de amigos comer Kohl und Pinkel em um restaurante, mas ao invés de utilizar qualquer transporte, você vai com sua galera a pé tomando todas no caminho. Você leva sua própria bebida e em cada esquina que passa (literalmente) tem de parar, fazer um joguinho bem infame e quem perder bebe uma dose de alguma bebida bem ruinzinha. Quem ganha o jogo bebe também uma dose, mas a bebida pode ser mais agradável. Comer Grünkohl, como a comida também é conhecida, já é maravilhoso, colocou birita no meio aí eu me amarrei! Para fazer uma Kohlfahrt como manda a tradição, você precisa:



1. Antes de mais nada se certificar de que está no norte da Alemanha e de que é inverno. Essa tradição é praticamente desconhecida no sul e os alemães aqui do norte batem pé firme que o Grünkohl só pode ser colhido depois da primeira geada do ano.
 
Estando no lugar certo e na estação do ano certa, você ainda vai precisar:


2.  Roupas bem quentinhas, afinal de contas coordenar um grupo enorme de gente bêbada andando por aí pode demorar horas e pra aguentar a caminhada sem congelar parte nenhuma do corpo e sem pegar uma pneumonia é necessário se aquecer bem
3. Um carrinho desses, chamado Bollerwagen, todo decorado com vários bagulhos diferentes e cheio de bebidas dentro pra ir tomando no caminho
4. Um radio ou qualquer coisa pra fazer barulho e anunciar a todos que vocês estão chegando.

4. Sua galera bem animada, com muita sede e vontade de se divertir.
4. Uma reserva em um resturante que vai esperar seu grupo com o Kohl und Pinkel quentinho na mesa!
Depois de tudo isso, é só iniciar a caminhada, se divertir muito com as brincadeiras bestas de cada esquina, cumprimentar as dezenas de outros grupos que vocês vão encontrar pelo caminho (muito grupo para e toma uma dose toda vez que encontra um outro grupo fazendo Kohlfahrt também), saborear a comida maravilhosa quando chegar no destino e passar o resto da noite dançando.

Keine Kommentare:

Kommentar veröffentlichen